Em "Concebendo a liberdade", Camillia Cowling nos mostra como a categoria de gênero moldou as rotas urbanas em direção à liberdade para os escravos durante o processo de emancipação gradual em Cuba e no Brasil, que ocorreu somente após o restante da América Latina já ter abolido a escravidão e depois, também, da guerra civil norte americana. Concentrando-se nas últimas décadas do século XIX, nas cidades de Havana e do Rio de Janeiro, a autora evidencia o papel de destaque das mulheres escravizadas na luta em busca de liberdade para elas próprias e para seus filhos através dos tribunais. Ela nos revela como as disputas das mulheres escravizadas conectaram os movimentos abolicionistas em cada uma das cidades e em todo o mundo atlântico, mobilizando novas noções de feminilidade para mulheres escravas e livres. Demonstra ainda como as mulheres gestaram a liberdade e ensinaram a geração de “ventre livre” a entender e influenciar os significados dessa liberdade. Mesmo após a emancipação, as ex-escravas continuariam a utilizar as ações judiciais como ferramentas e seguiram lutando para garantir novos espaços para elas e para suas famílias.

CONCEBENDO A LIBERDADE: MULHERES DE COR, GÊNERO E A ABOLIÇÃO DA ESCRAVIDÃO

SKU: 9788526814615
R$88,00Preço