Após quase vinte anos da sua primeira edição, o escritor Jaime Prado Gouvêa relança O ALTAR DAS MONTANHAS DE MINAS. Mineiro, de Belo Horizonte, Jaime Prado Gouvêa se inspirou na sua própria trajetória para escrever o seu primeiro romance, que se passa na época da ditadura militar, um dos períodos mais sombrios da nossa história. A boemia mineira, a repressão e o clima de tenso das redações fazem parte do cotidiano do personagem Dirceu Dumont. Um homem que contém a tragédia de uma geração inteira, que não conseguiu ver seus sonhos realizados. Ou precisou, para sobreviver, adequá-los a outros mais reais, mais modestos.O tempo todo, como escritor experiente, exato e seguro, Jaime brinca com o que poderia ser ridículo (o encontro de Dirceu com Elisa), melodramático (o acidente de automóvel), pornográfico (Elisa lavando o gesso de Dirceu), artificial (Cobra exigindo o apartamento de Dirceu), e transforma esse material em algo que, por sua pungência e virilidade, jamais soa falso.“Nas primeiras páginas do romance, meu personagem tateia as formas de se começar a escrever um romance, e parte da ideia de criar um outro personagem que também pretendia escrever um romance. Claro que esse personagem sou eu mesmo”, confessa o autor. Aqui, Prado Gouvêa narra o encontro de Dirceu com Elisa. Um momento que poderia ser apenas mais uma bela história de amor, mas que se transforma em tragédia após um acidente de automóvel. Escrito numa linguagem, sem exageros, nada menos que irretocável, com uma estrutura muito sólida, O ALTAR DAS MONTANHAS DE MINAS é, como diz Caio Fernando Abreu na orelha da edição original, “violento feito um soco, cortante como uma navalhada”.

O ALTAR DAS MONTANHAS DE MINAS

SKU: 9788501082145
R$10,00Preço